“O mundo anda tão complicado”

Seria o mundo complicado? Ou nós que complicamos ele?

Nós perguntamos muitas vezes, onde estamos? De onde viemos? Para onde vamos?

São questões e mais questões existenciais que nos consomem uma energia que poderia ser empregada em algo melhor.

Sem perceber essa energia se esvaindo, vamos vivenciando a vida automática sem perceber. Pegamo-nos comentando algo impróprio de alguém. Deixando carrinhos de supermercado em vagas de estacionamento, porque temos “preguiça” de voltar alguns metros para devolvê-lo no local correto.

Talvez essa “pressa” de largar o carrinho em qualquer lugar, seja apenas ansiedade para voltarmos ao trânsito e ai sim demonstrarmos nossa verdadeira “face”, aquela, da qual lembramos que “gentileza” existe apenas no dicionário. Da mesma forma que educação e preocupação ambiental, voam pela janela como o lixo que atiramos nas ruas. Perdemos tempo com redes sociais, analisando futilmente a vida de outras pessoas e vivendo um “faz de conta” com nossas próprias vidas. Aproveitamos a “inutilidade” do tempo em frente à televisão, escravizando nossas mentes em programas tão igualmente inúteis.

Pode parecer clichê alguns desses comentários, mas andamos realmente “complicando o mundo”.

Esquecemos como era bom o ar fresco das manhãs, porque, de uns tempos pra cá, aquecemos o planeta a tal ponto, como aquecíamos a água para o café da manhã. Esquecemos que uma boa conversa se realizava na companhia de amigos que não possuíam celulares conectados. Esquecemos como era caminhar para ir até a padaria mais próxima, porque agora, se não tirarmos o carro da garagem não vamos até ela. Esquecemos de como era fazer as tarefas com os filhos, porque simplesmente terceirizamos a educação deles. Ou seria porque não temos tempo, já que gastamos ele de forma errada?

Vivemos literalmente nosso Livre Arbítrio, mas muitas vezes não entendemos a responsabilidade que temos sobre ele em nossas pequenas escolhas diárias. Quando nos damos conta, algo realmente “complicado” nos aconteceu, um acidente, uma doença, o desencarne de uma pessoa querida, a perda de um emprego, uma falência, ou qualquer outro infortúnio. Então pensamos: “o mundo anda complicado”.

Nossa proposta é: vamos descomplicar o mundo, descomplicando a nós mesmos.

Fazendo melhores escolhas no dia a dia, reconhecendo nossa responsabilidade por nossos atos, aprendendo com os erros e melhorando com os acertos. Somos capazes de mudanças realmente transformadoras, já vivenciamos tantos fatos ao longo da história humana nesse planeta, temos o know how de como devemos agir, então o façamos da maneira correta nas pequenas coisas da vida.

Desejamos uma semana de aprendizado, experimentação e atitude.

Equipe CEIL Recanto do Saber

Posts em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procure por Palavras-chaves
Siga-nos
  • Facebook Basic Square

Rua Engenheiro Odebrecht, 87 - Garcia
Blumenau - SC

Brasil

Fone: 55-47-3336-2204

          55-47-99729-8311

Todos os direitos reservados CEIL - Recanto do Saber