6 lições para nos espelharmos nos Kardec


Os tempos em que o casal Kardec viveu - Professor Rivail e sua Amélie Gabrielle - não eram tão fáceis como os tempos atuais: havia maior dificuldade na comunicação (não existia telefone, nem internet), o transporte era mais demorado, o preconceito para aceitação de uma nova filosofia de vida era muito maior.

E mesmo diante dessas dificuldades, eles "arregaçaram as mangas" e não deixaram que isto os fizessem desistir de cumprir tão grandiosa missão.

E por isso que listamos 6 pontos interessantes, dos quais devemos nos espelhar e nos inspirar todos os dias:

1 - Seja aberto a novos assuntos. Não critique ou duvide sem conhecimento. Busque mais informações e procure aprender sobre, para depois dar sua opinião.

Se o Professor Rivail e sua esposa não dessem abertura para novos aprendizados e assuntos, tão pouco teriam se empenhado na codificação e divulgação da Doutrina Espírita, já que os "fenômenos das mesas girantes" eram uma curiosidade e uma febre nos EUA e na Europa, além de ser visto como uma diversão para muitos;

2 - Lute pelo que você ama fazer.

Mesmo vivendo numa época difícil, da qual as mulheres eram ensinadas a cuidar de um lar, Madame Kardec focou em seus estudos, se graduando como professora e se tornando uma artista e mulher muito diferenciada;

3 - Siga sua intuição.

Não pense que as ideias que lhe surgem são bobas ou inúteis. Apesar de ter recebido mensagens dos Espíritos, que o impulsionarm a iniciar o trabalho de codificação da Doutrina Espírita, Allan Kardec precisou seguir a sua intuição e as ideias que lhe surgiam à mente durante os 10 anos de grande trabalho. Os livros escritos, títulos, as palavras certas a serem usadas nas descrições, a própria Revista Espírita, viagens de divulgação da Doutrina, enfim. Não esqueça da ajuda espiritual que recebemos todos os dias;

4 - Não deixe que dificuldades financeiras lhe impeçam de continuar. Sempre há o momento certo e a ajuda virá.

O casal Kardec teve muitos calotes de pessoas que não lhe devolveram dinheiro de empréstimos, colocaram dinheiro pessoal para a impressão das edições das obras e da Revista Espírita, mas sempre conseguiram se manter e dar continuidade aos trabalhos. Cada vez mais adeptos e contribuintes foram sendo conquistados e que ajudavam a manter os trabalhos espíritas. Sempre virá ajuda, quando há esforço e o trabalho for merecedor;

5 - Não deixe o desânimo lhe abater. Preconceitos e pré-julgamentos equivocados sempre vão existir.

Allan Kardec perdeu emprego por conta de preconceito religioso, foi zombado por estar a frente dessa missão, teve livros queimados na fogueira de Barcelona, entre tantas outras coisas que talvez nem imaginamos. Madame Kardec, mesmo após o desencarne de seu esposo e mesmo sendo octogenária, deu continuidade aos trabalhos de Kardec sem perder a vontade de levar essa doutrina consoladora adiante;

6 - Deixe a preguiça de lado e mantenha jovem o seu espírito ativista.

Idade não é documento! E os Kardec são a prova disso.

Quando começaram a trabalhar nessa missão, eles já passavam da "meia-idade". Mesmo assim trabalharam dia e noite, arduamente, para darem conta e viajaram para lugares dentro e fora de Paris, a fim de divulgar a Doutrina Espírita. Muitas vezes, pequenos motivos nos fazem ficar em casa, ao invés de ir ao Centro Espírita - que muitas vezes nem fica tão distante - deixamos de trabalhar em atividades relevantes por falta de incentivo de outras pessoas, pensamos que "os outros" também devem fazer e não apenas nós. Esquecemos que o nosso esforço será avaliado individualmente e não coletivamente.

Todos estamos na Terra para aprender e vamos passar por diversos momentos de dificuldade e de desânimo, mas temos sempre o suporte dos amigos Espirituais ao nosso lado e, apesar de todas as nossas falhas e imperfeição, não nos abandonam e lutam para que possamos atingir nossos objetivos dessa encarnação.

Com votos de fé e ânimo de viver!

Equipe CEIL Recanto do Saber.

Posts em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procure por Palavras-chaves
Siga-nos
  • Facebook Basic Square

Rua Engenheiro Odebrecht, 87 - Garcia
Blumenau - SC

Brasil

Fone: 55-47-3336-2204

          55-47-99729-8311

Todos os direitos reservados CEIL - Recanto do Saber