Esperança e Fé.


Quando os reveses se sucedem, costumamos permitir que o desânimo nos abrace.

Afinal de contas, pensamos: "Quem consegue aguentar tanta coisa ao mesmo tempo?"

No entanto, a vida nos ensina, principalmente aos que já têm alguns anos de experiência física, que tudo passa.

As nuvens negras que toldam o céu pela manhã, poderão, logo mais, serem afastadas pelos ventos que sopram forte, nas primeiras horas da tarde.

A perda do emprego, por exemplo, que num primeiro momento parece nos tirar o chão, se revela uma oportunidade de crescimento e realização profissional diante das novas perspectivas.

Assim é a vida para todos: Um eterno círculo de altos e baixos.

Hoje podemos estar diante de uma realidade que parece nos destroçar. Mas quase sempre o amanhã ressurge nos trazendo a esperança de dias melhores, só depende da nossa postura diante dos fatos.

Entretanto, quando uma enfermidade adentra o nosso lar e envolve nossos entes amados, somos forçados a encarar duras realidades.

A fé, que dizíamos possuir, quase sempre desaparece entre as lágrimas da desesperança.

Antes mesmo de aguardar os resultados da medicação, da cirurgia, dos procedimentos clínicos, nos entregamos ao desespero.

Como faz falta a esperança em nossas vidas!

A esperança tem sido cantada em prosa e verso no curso do tempo.

Ter esperança é esperar uma dádiva, no hoje ou no amanhã.

Nesta vida, ou depois dela.

É aguardar um resultado positivo para algo muito esperado e almejado.

Qual é a mãe que não deseja a realização de uma vida feliz para seu filho?

E quando esse filho parte para a outra vida antes dela, não guarda ela a esperança de que ele esteja bem?

As pessoas que buscam fazer o melhor durante suas vidas, mantendo a consciência em paz, não têm a esperança de serem felizes?

Percebe-se que a esperança fica muito próxima do sentimento de.

Quem guarda a esperança no coração é porque confia na possibilidade almejada.

Confiar, ter firme convicção é ter fé.

Dessa forma é que esperamos e acreditamos em um futuro melhor.

O que não podemos esquecer é que muito do que esperamos e pretendemos alcançar é determinado pelas nossas próprias atitudes, pela nossa maneira de agir, de pensar.

A perseverança no bem, os pensamentos otimistas nos auxiliam na alimentação da esperança.

Sustentados por ela, é fato que seremos amparados em nossos empreendimentos.

Que a esperança esteja sempre presente em nosso íntimo, onde quer que estejamos.

Que sejamos capazes de combater em nós o que nos impede de brilhar, e façamos da esperança e da fé, o caminho que nos levará a doces recantos de paz.

A alegria interior é renovada sempre que a esperança se alia às boas obras.

Enquanto a esperança suaviza o sofrimento, a fé neutraliza seus efeitos depressivos.

A fé se fortifica toda vez que nos detemos em momentos de reflexão, toda vez que elevamos o padrão dos nossos pensamentos, toda vez que nos dispomos à fazer uma simples oração.

Isso nos facilita a compreender que tudo nos acontece é experiência para o nosso amadurecimento e aprendizado.

Lembremos que todas as dores são transitórias.

Os sentimentos de amargura, desespero e revolta, que permeiam nossa existência, são frutos das nossas próprias dificuldades em lidar com os problemas.

Mas quando essas dificuldades nos alcançarem, as aceitemos com serenidade e resignação, trabalhando sempre, sem cessar...

Mas que também possamos entender que talvez pela nossa teimosia, pela nossa intolerância, elas foram os únicos mecanismos da Lei Universal que o Pai Maior pôde utilizar para que possamos crescer em direção a Ele.

Com votos de reflexão, fé e esperança!

Equipe CEIL Recanto do Saber.

Posts em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procure por Palavras-chaves
Siga-nos
  • Facebook Basic Square

Rua Engenheiro Odebrecht, 87 - Garcia
Blumenau - SC

Brasil

Fone: 55-47-3336-2204

          55-47-99729-8311

Todos os direitos reservados CEIL - Recanto do Saber