O vício da fofoca...


Um hábito comum, e até corriqueiro... Muitos acreditam que só estão passando uma informação, porém temos que nos conscientizar que determinadas “informações”, que por muitas vezes (se não na maioria delas), são irrelevantes na nossa vida, já passaram por tantas modificações, que já podem ser consideradas fofocas...

Tenhamos em mente que, se não nos diz respeito, não devemos passar para frente “informações” da vida de outras pessoas, por vezes acrescidas por maldade, e que tiram a boa fama de alguém, ficando evidente numa penitência inusitada, como a que deu, uma vez, São Felipe Neri a uma pessoa:

"Numa ocasião, uma senhora foi se confessar com São Felipe Neri acusando-se de ter difamado (fofocado) gravemente sobre uma pessoa.

Como penitência, ele lhe disse que fosse até a sua casa e pegasse umas penas de galinha e no caminho de volta para a igreja fosse jogando as penas no chão. Uma vez de volta à igreja, a senhora foi falar novamente com o Santo. São Felipe, depois de elogiar a sua obediência, disse-lhe:

- Agora volte pelo mesmo caminho e recolha todas as penas e traga-me aqui.

- Mas, padre, o que é que o senhor está dizendo? O vento já levou todas! - Exatamente. A senhora jamais poderá reuni-las novamente, como jamais poderá reunir nem retirar as palavras infamantes contra o próximo.

Já passaram de boca em boca e, daqui a pouco, todos estarão pensando mal desta pessoa, sendo que talvez nem seja culpada do que fez."

Tenhamos consciência de que além de atrair espíritos perturbados e vingativos, a pessoa crítica, faladeira e julgamentosa vai, um dia, passar pelos mesmos fatos que criticou, a fim de avaliá-los melhor. Se não passar, assistirá alguém muito querido da família passar por uma situação de enorme dissabor envolvendo a fofoca.

Como se não bastasse enfrentar ser o centro de uma fofoca, existem as conseqüências energéticas que atraímos também, pois com o tempo, por terem escutado demais a vida alheia e falado muito, começam a ter problemas na voz, calos nas cordas vocais, surdez, otites, labirintites. Na próxima reencarnação, por terem acumulado muita energia negativa na zona da garganta e do ouvido, ocorre de nascerem mudos ou com extrema dificuldade de expressão, bem como com surdez congênita ou extremas dificuldades de audição.

Tudo isso é para que aprendamos O VALOR DO SILÊNCIO.

Falar pouco, evitar julgar, mentir, fofocar.

Tem uma frase que sempre está nas mídias sociais, e internet...

"Não me conte o que eles falaram ao meu respeito, diga-me apenas porque eles estavam tão confortáveis em dizer isso na sua frente."

É um exercício, mas temos que praticar, evitar ou sair pela tangente quando iniciarem assuntos desagradáveis sobre outras pessoas, ou tentar conduzir a conversa para outro rumo...

Repetindo, se a informação não te envolve, não vai afetar a sua vida e não lhe diz respeito: NÃO PASSE PARA FRENTE, pois é FOFOCA.

Por que levar isso a diante? Pra que passar pra frente???

Fofoca é uma mania, é um vicio, mas podemos e conseguimos controlar e superar... é só começar a tentar, e sempre ter em mente, o que isso tem haver comigo, isso vai mudar a minha vida?

Então, bloqueie! A fofoca é um telefone sem fio, cada um que passa pra frente modifica a “informação” e no final só magoa as pessoas envolvidas aumentando ainda mais os problemas decorrentes.

Não existe fofoca do bem. Silencie e bola pra frente viver a sua vida, que já é de grande valia.

Exercite a vontade de bloquear o ímpeto de passar a fofoca para outras pessoas, vamos nos condicionar à bons “vícios” exercitar o bem, ao invés de continuar o círculo vicioso de repassar a fofoca, vamos dedicar uma oração às pessoas envolvidas na situação, para que não sejamos nós um dia o assunto da fofoca.

Sigamos em paz na mente, no coração e na alma.

Equipe CEIL Recanto do Saber.

Posts em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procure por Palavras-chaves
Siga-nos
  • Facebook Basic Square

Rua Engenheiro Odebrecht, 87 - Garcia
Blumenau - SC

Brasil

Fone: 55-47-3336-2204

          55-47-99729-8311

Todos os direitos reservados CEIL - Recanto do Saber