Nutrindo a mente, o corpo e o tempo

Quantos de nós já nos deparamos ou escutamos a expressão que somos o que ingerimos, comemos. Certamente, quase todos nós. E com a nossa mente, na gestão das nossas prioridades, focos, motivações e satisfação, quem já parou para correlacionar que o significado também se encaixa? Quando iniciamos uma “dieta” precisamos modificar hábitos, largar o velho comportamento que estamos condicionados e tornar consciente a intenção pela qual estamos realizando a “dieta”. De nada funciona mudar o cardápio com alimentos mais nutritivos, se não reeducarmos nossos comportamentos e atitudes já fixados. Certamente os esforços serão em vão, e os resultados demorarão mais para acontecer. Mudar ou descondicionar

Valor Moral e Patrimônio Moral

“Um agricultor de milho só plantava grãos premiados. Todo ano ele entrava com seu milho na feira e ganhava uma fita azul de produtor do melhor milho da região. Em um determinado ano, um repórter de jornal local o entrevistou e aprendeu algo interessante sobre como ele cultivou o milho. O repórter descobriu que o fazendeiro compartilhava a semente do milho dele com seus vizinhos. - Como você pode dar ao luxo de compartilhar sua melhor semente de milho com seus vizinhos quando eles também entram na competição de milhos e competem com o seu todos os anos? Perguntou o repórter, e o fazendeiro explicou calmamente: - Provavelmente você não sabe, mas o vento apanha pólen do milho maduro e o espalha

A oportunidade da fé

“Tem fé em Deus, em sua bondade, em sua justiça e em sua sabedoria; sabe que nada ocorre sem sua permissão e se submete, em todas as coisas, à sua vontade. Tem fé no futuro; por isso, coloca os bens espirituais acima dos bens temporais. Sabe que todas vicissitudes da vida, todas as dores, todas as decepções, são provas ou expiações, e as aceita sem murmurar.” (O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO, CAPÍTULO XVII) Para alguém materialista, torna-se difícil o real entendimento sobre ter FÉ. Todos que já tiveram contato com alguma religião devem ter pensado, em algum momento de sua vida, sobre a FÉ. Provavelmente não em todos os seus dias, mas a FÉ já esteve em nossos pensamentos e já tentamos

Meu mundo virou autista, e agora? O que fazer?

Imagem: site AgoraVale Muitas mães e pais, vêem sua vida se transformar de uma hora para outra quando se descobrem como pais de uma criança com autismo. Muitas vezes a mãe assume o papel principal de pai e mãe ao mesmo tempo na vida da criança, em alguns casos o pai, por não querer ter que carregar uma responsabilidade tão grande acaba deixando a mãe assumir a responsabilidade sozinha, e ela luta pelo seu filho, muitas vezes sem saber nem por onde começar a procurar ajuda...em outros casos o casal se une em prol dessa criança e lutam juntos pelo melhoramento de seu filho. Receber uma criança autista na família não muda somente a mãe e o pai dessa criança, mas sim praticamente os parentes mai

Destaques
Posts Recentes
Arquivo
Procure por palavras-chaves
Siga-nos
  • Facebook Basic Square

Rua Engenheiro Odebrecht, 87 - Garcia
Blumenau - SC

Brasil

Fone: 55-47-3336-2204

          55-47-99729-8311

Todos os direitos reservados CEIL - Recanto do Saber