E elas se sentiram solitárias, mesmo num lar rodeado de pessoas...

Na dúvida sobre o que é certo ou errado com nossas crianças e adolescentes, vale sempre lembrar que, em uma convivência familiar, tem que haver regras. Sempre que por um motivo ou outro deixamos de dar a atenção adequada aos nossos filhos, estamos dando espaços para muitas coisas desagradáveis acontecerem. Nos dias de hoje o que mais se vê são distanciamentos entre pais e filhos, da qual consequentemente, os maus hábitos se tornam rotineiros, distanciando cada vez mais as pessoas umas das outras. Muitas vezes em uma convivência familiar, por achar que está tudo certo, não se pergunta nem como foi o dia um do outro. Desligando-se até mesmo dos pequenos maus atos dos filhos, que no momento pas

Despertar...

Alguns vivem perdidos, como se estivessem num labirinto, mas o caminho certo é sempre o do bem, ajudar ao próximo, o trabalho dignificante, a satisfação de ajudar alguém. Fazer o bem nos completa e é o caminho. Conscientes de que não podemos viver acreditando que todo o bem que fazemos, teremos recompensas, sejamos bons semeando a bondade sem querer nada em troca. Vivemos muitas vidas, aproveitamos existências e desperdiçamos outras, e não devemos viver esperando compensações, devemos fazer o bem, pelo bem, superar as diversidades e buscar sermos melhores a cada dia. Podemos tropeçar, mas nunca deixar de sermos agradecidos pelo que temos, mesmo o pouco, porém continuar nos esforçando para SE

VICISSITUDES QUE NOS APRISIONAM

Ao buscar compreender as vicissitudes humanas encontramos diversas nomenclaturas e explicações, as mais aparentes estão relacionadas às instabilidades e desequilíbrios, bem como, a fragilidade do comportamento humano. Platão já remetia ao pensamento de que grandes naturezas produzem grandes vícios, na mesma proporção que geram grandes virtudes. Sendo por sua vez um termo derivado do latim, cujo seu significado submete-se as mudanças de hábitos. Quantas modificações em nosso comportamento nos damos conta de ter passado, em todas as fases que completamos desde que reencarnamos? Certamente foram muitas, diversificadas, onde cada uma expressava um desejo atual de vivências e experiências. Porém

Exercício para a alma...

O único caminho para superar os pensamentos negativos e as emoções destrutivas é a nossa capacidade de desenvolver as emoções positivas. Procure ouvir sua voz interior para se habituar a substituir os pensamentos negativos pelos positivos... ao longo do tempo eles vão se tornar mais fortes e poderosos. Independentemente de como a sua situação parece, foque sobre aquilo que você quer que aconteça e, em seguida exercite se fixar somente no positivo. Nossos erros são os degraus do progresso. Se você não está falhando de vez em quando, pode não estar se esforçando o suficiente e pode não estar aprendendo. Assuma riscos, tropece, caia e em seguida se levante e tente novamente. Aprecie o caminho e

6 lições para nos espelharmos nos Kardec

Os tempos em que o casal Kardec viveu - Professor Rivail e sua Amélie Gabrielle - não eram tão fáceis como os tempos atuais: havia maior dificuldade na comunicação (não existia telefone, nem internet), o transporte era mais demorado, o preconceito para aceitação de uma nova filosofia de vida era muito maior. E mesmo diante dessas dificuldades, eles "arregaçaram as mangas" e não deixaram que isto os fizessem desistir de cumprir tão grandiosa missão. E por isso que listamos 6 pontos interessantes, dos quais devemos nos espelhar e nos inspirar todos os dias: 1 - Seja aberto a novos assuntos. Não critique ou duvide sem conhecimento. Busque mais informações e procure aprender sobre, para depois d

Destaques
Posts Recentes
Arquivo
Procure por palavras-chaves
Siga-nos
  • Facebook Basic Square

Rua Engenheiro Odebrecht, 87 - Garcia
Blumenau - SC

Brasil

Fone: 55-47-3336-2204

          55-47-99729-8311

Todos os direitos reservados CEIL - Recanto do Saber