Você torna real, aquilo que acredita que é real.

Comentando um pouco sobre a palestra de ontem (Obsessões gratuitas).

Sem nos apegarmos muito às teorias à respeito disso – mas não desmerecendo-as – devemos estar atentos a nós mesmos, em nosso dia a dia, para não deixarmos “brechas” para absorvermos influências de Espíritos encarnados ou desencarnados, ou ainda sofrermos influências que nós mesmos provocamos.

Essa “brecha” é como um convite ou uma abertura que damos gratuitamente e aceitamos que façam parte de nossas vidas, pensamentos de desânimo, pessimismo, monoideias que nos travam e permitem travar uma caminhada que poderia ser mais tranquila e fácil de seguir.

Sim, somos ainda errantes e pequenos diante do que desejamos ser quando aceitamos o desafio de vir para esse mundo. Natural que permitamos essas “brechas” se formarem em nós. Porém, temos ferramentas e instrumentos que podem nos ajudar a fecharmos elas e nossa liberdade em decidirmos os nossos próprios passos.

Alguns instrumentos são colocados em nosso caminho nessa jornada, em forma de pessoas, que podem ser: familiares, amigos, conhecidos...

As ferramentas podem ser apresentadas por estes instrumentos ou em pequenos sinais que insistem em aparecer: um pensamento, uma frase dita por uma pessoa marcante, um outdoor, um vídeo, uma revista... enfim. São vários meios que a Espiritualidade boa e amiga utiliza para nos alcançar, para nos trazer à Casa Espírita ou simplesmente nos inspirar a estudar ou ler uma mensagem instrutiva.

O conhecimento, muito bem citado ontem, é uma grande chave para que nos esclareçamos, para que nos blindemos de certas energias e pensamentos. Não necessariamente irá resolver todo o problema, pois também precisamos somar à isso o nosso esforço em melhorarmos, mas já estaremos dando um grande passo, pois só se melhora quem aprende, quem conhece e se auto conhece. Aprendendo e conhecendo sobre o Espiritismo e se auto conhecendo, pode-se auto aceitar, se perdoar e determinar os próximos passos.

E a Espiritualidade trabalha a nosso favor, nos auxilia, nos ampara... Mas o primeiro passo, só nós mesmos podemos dar.

E já se inicia quando acordamos. Cada um de nós escolhe como vai ser o seu dia.

Há pessoas, suas vidas e suas dificuldades. Algumas com tão pouco e com tantas dificuldades, mas que “arregaçam” as mangas e lutam por uma vida melhor; há as que tem tudo, mas não estão satisfeitas e criam dificuldades; há as que têm dificuldades e criam ainda mais dificuldades; e também as que têm muito e ajudam outros a alcançarem o que ter...

Enfim... muitas diferenças, mas todos com a mesma oportunidade!

Deus nos fez sem dar-nos privilégio algum. Todos com a mesma capacidade, com o suporte necessário ao que cada um veio resgatar.

Podemos escolher se vamos reclamar por estar chovendo, ou porque o motorista daquele carro não deu sinal quando entrou na minha frente... enquanto há tantos em hospitais, ou dormindo nas ruas, querendo poder trabalhar, dirigir e pensando em tudo o que gostaria de estar fazendo ao invés de estar ali...

O dia de sol somos nós que fazemos quando deixamos que ele brilhe dentro de nós!

Permita-se auto perdoar;

Permita-se auto amar;

Permita-se acreditar em si mesmo.

Mude seus pensamentos, atraia boas energias à si mesmo, não crie expectativas sobre outros.

Se “vacine” e se vigie.

Ore todos os dias.

Seja a energia que você quer dentro de você!

Com votos de pensamentos de otimismo, perdão e gratidão!

Equipe CEIL – Recanto do Saber.

Posts em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procure por Palavras-chaves
Siga-nos
  • Facebook Basic Square

Rua Engenheiro Odebrecht, 87 - Garcia
Blumenau - SC

Brasil

Fone: 55-47-3336-2204

          55-47-99729-8311

Todos os direitos reservados CEIL - Recanto do Saber