Vivendo e aprendendo


"A gente não pode ter tudo Qual seria a graça do mundo se fosse assim?"

(Ana Vilela)

É nessa melodia que inspira, que propomos uma reflexão sobre todos os objetivos desejados ansiosamente. "A vida é tão breve", já nos disseram vários Espíritos através de psicografias e psicofonias e pedimos tanto por essa oportunidade de tentar mais uma vez.

Mas quando aqui estamos, em meio à correria e às situações do dia a dia, pedimos tanto e reclamamos quando não atingimos o que desejávamos.

E o que recebemos como presentes?

Por que nos esquecemos tão facilmente?

Reclamamos de ter que acordar cedo - mas esquecemos de agradecer por todos os dias acordar e ter um trabalho que nos traz o sustento;

Reclamamos de ter que limpar a casa - mas esquecemos que muitos não tem uma;

Reclamamos de ficar parados no trânsito - mas esquecemos que muitos que estão em hospitais, preferiam estar em nosso lugar;

Reclamamos de engordar - mas esquecemos que tudo é consequência e não agradecemos o alimento de cada dia.

São tantas outras situações a que reclamamos... uns não reclamam de uma coisa, mas reclamam de outra; ou se incomodam com alguma coisa da vida de outra pessoa a que nem ao menos poderia contribuir.

Não temos tudo o que "achamos" que deveríamos ter, porque muitas vezes aquilo não seria tão bom quanto imaginamos.

Não conseguimos enxergar tudo o que está por trás.

Nos resta viver com o que recebemos e dar o melhor de nós.

Se medirmos em horas o tempo médio de vida de uma pessoa de 75 anos - que é a expectativa de vida no Brasil - teríamos aí 657 mil horas de vida; descontando que dormimos em média 7 horas por noite, mais as horas de trabalho, as horas de estudo e um pouco de lazer, não nos sobram tantas horas quanto imaginamos.

Sem contar que nem todos vivem essa quantidade de tempo; uns desencarnam antes, outros depois.

E se prestarmos atenção, quanto tempo dessa oportunidade estamos realmente usando para VIVER? E quanto tempo desperdiçamos com futilidades materiais e emocionais?

Viver é estar disposto a superar desafios, a fazer algo útil aonde vive.

Fazer algo útil pode começar por cada um de nós. Não adianta querer "consertar" o mundo e outras pessoas, se não transformarmos a nós mesmos.

Toda mudança começa dentro de cada um e cabe, somente a cada um, sentir o que lhe traz felicidade e se esforçar motivadamente para a melhoria diária.

A vida nos propõe que melhoremos a cada dia, começando por nós mesmos!

A vida sempre continua e nos traz sempre novas oportunidades.

Que tal aceitar essa proposta?

Fique bem consigo mesmo e seja feliz!

Equipe Recanto do Saber.

Posts em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procure por Palavras-chaves
Siga-nos
  • Facebook Basic Square

Rua Engenheiro Odebrecht, 87 - Garcia
Blumenau - SC

Brasil

Fone: 55-47-3336-2204

          55-47-99729-8311

Todos os direitos reservados CEIL - Recanto do Saber