Quem sou eu?


"Sugiro que cada um faça a si mesmo a pergunta: 'Quem sou eu?'

Estou certo de que 95% de vocês ficarão perturbados (...) Isso prova que um homem viveu toda a vida sem se fazer essa pergunta e considera perfeitamente normal que ele seja algo, e até mesmo algo muito precioso, algo que jamais pôs em dúvida. Ao mesmo tempo, é incapaz de explicar para outra pessoa o que esse algo é, incapaz de dar a menor ideia desse algo, porque ele próprio não o sabe. (...)

Não é estranho que fechem os olhos, com tão tola complacência ao que realmente são, e passem a vida na agradável convicção de que representam algo precioso?"

Essas palavras são de George Ivanovich Gurdjieff e nos fazem refletir com profundidade sobre como sabemos ainda tão pouco sobre nós mesmos.

Muitos devem ter parado para refletir sobre si mesmos, diante de um obstáculo da vida, de uma tristeza ou mesmo de alguma indagação que lhe surgiu à mente;

Outros talvez são iludidos conforme as palavras acima, achando-se pessoas preciosas e isentas de reformas interiores;

Outros então, nunca pararam para refletir sobre isso.

Mas sempre chega um ponto da vida em que é necessário refletir e aprender sobre si mesmo.

Ao longo de nossa vida, quem é a pessoa que mais convivemos, que mais se tem conflitos para solucionar, que sente os sentimentos mais diversos e tem as atitudes, muitas vezes, de difíceis compreensões?

Resposta: VOCÊ MESMO!

E muitos de nós ainda se preocupa tanto com a vida alheia, buscando respostas e entendimentos dos porquês dos porquês ele se veste assim, ele age assim, ele é assim...

Busquemos olhar para dentro de nós.

Precisamos reformar o que nos incomoda, saber lidar com nossas inabilidades...

Ao fazermos isso também iremos descobrir o que temos de melhor e que a maioria de nós, nem mesmo tem consciência.

Muitos usam menos de 50% de sua capacidade natural.

E queremos ser felizes...

Ter empregos que, além de nos sustentar financeiramente, nos traga felicidade, nos complete como seres humanos.

Ter relacionamentos estáveis e duradouros, onde não se mantenha somente a imagem de família exemplar e estruturada, mas se viva realmente a essência de se querer bem, querer estar junto e exercer a verdadeira parceria do bem.

Acima de tudo, para que vivamos tudo isso, precisamos gostar e respeitar a nós mesmos.

Se não nos amarmos e não acreditarmos em nós, quem vai?

Além de tudo, cada pessoa aqui encarnada tem a sua vida, o seu propósito e objetivos de melhoramento. Nossa própria felicidade e vitória depende apenas de nós e não devemos, jamais, responsabilizar outros por isso, esperar dos outros que nos façam felizes.

Então, acredite em você!

Se conheça;

Seja você mesmo, com toda a "bagagem" de boas e nem tão boas experiências.

Isso é o que levaremos conosco desse mundo.

Com desejo de dias de mais conhecimento de si mesmo, amor próprio e felicidade!

Equipe Recanto do Saber.

Posts em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procure por Palavras-chaves
Siga-nos
  • Facebook Basic Square

Rua Engenheiro Odebrecht, 87 - Garcia
Blumenau - SC

Brasil

Fone: 55-47-3336-2204

          55-47-99729-8311

Todos os direitos reservados CEIL - Recanto do Saber