As "chaves libertadoras".


André Luiz, através de Chico Xavier, no livro "Meditações diárias", nos traz um capítulo falando das "CHAVES LIBERTADORAS" que encontramos em nossa caminhada terrena.

Desgostos, decepções, enfermidades, tentações, prejuízos, ingratidão e desencarnação. São sentimentos e acontecimentos ao qual ninguém gostaria de ter, ninguém deseja passar (enquanto encarnado), mas que já passamos em outras vidas e que já fizemos outras pessoas sentirem.

O que tudo isso têm em comum?

Eles nos trazem dificuldades...

Dificuldade de continuar a caminhada, tristezas, dificuldade em confiar novamente nas pessoas, dificuldade em aceitar as situações nos acometidas.

Mas André Luiz nos mostra de um jeito simples, que são CHAVES necessárias e nos fazem evoluir, com a seguinte explicação:

"Compreendamos, à face disso, que não podemos louvar as dificuldades que nos rodeiem, mas é imperioso reconhecer que, sem elas, eternizaríamos paixões, enganos, desequilíbrios e desacertos, motivo pelo qual será justo interpretá-las por chaves libertadoras, que funcionam em nosso Espírito, a fim de que nosso Espírito se mude para o que deve ser, mudando em si e fora de si tudo aquilo que lhe compete mudar."

Cada um desses sentimentos age em nós por um determinado motivo, a exemplo da tentação, que sem ela "nunca se mede a própria resistência" (...). E assim é com todos os outros. Como diz o ditato "ruim com eles, pior sem eles".

Essas CHAVES nos ajudam a discernir o certo do errado, valorizar a saúde física e espiritual, buscar a paz e a clareza, diante da escuridão.

E podemos usar essa explicação para tentar entender qualquer situação que consideramos "ruim": o desemprego, uma traição, uma doença, o desencarne de um ente querido etc.

As dificuldades fazem parte da vida e também da nossa evolução.

Nos testam diariamente e põem a prova a nossa fé.

Que elas existem, todos sabemos.

Mas é aí que entra o nosso papel em buscar compreender o que acontece, porque acontece e o que sentimos, para saber o que fazer. Racionalizar isso, sempre lembrando que o grande Pai e a Espiritualidade boa e amiga, estão ao nosso lado para nos ajudar a superar cada um desses obstáculos, nos intuindo, protegendo até o limite permitido e nos guiando, como quem ilumina o caminho sem luz, para que não nos percamos dentro dele.

Crê e saiba dar abertura aos bons conselhos, através da prece, de uma leitura edificante, para que a caminhada seja mais leve.

Com votos de uma semana de luz, clareza e discernimento.

Equipe CEIL Recanto do Saber.

Posts em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procure por Palavras-chaves
Siga-nos
  • Facebook Basic Square

Rua Engenheiro Odebrecht, 87 - Garcia
Blumenau - SC

Brasil

Fone: 55-47-3336-2204

          55-47-99729-8311

Todos os direitos reservados CEIL - Recanto do Saber