As dores que nos ensinam.


Quantas e quantas vezes ouvimos algumas pessoas falarem:

"deixe o tempo passar, porque o tempo tudo cura";

"com o passar do tempo tudo se resolve."

Certamente com o passar do tempo algumas dores se minimizam, porém nem sempre se curam. O tempo passa e com ele aprendemos, que o tempo não cura todas as feridas... As mais profundas feridas, as da alma, as que ficam guardadas, escondidas, lá no cantinho das nossas memórias.

Muitas vezes uma dor persistente, que não desiste de ferir os nossos pensamentos, o tempo apenas minimiza-a, porém ele não cura-a por completo.

Uma dor que não dói no corpo físico, e sim no coração, as feridas cicatrizam, mas as dores continuam a nos perseguir.

As feridas da alma são as que ficam gravadas em nossa mente e coração.

E tem as que são criadas por nós mesmos, que, da mesma forma, somente nós podemos curar!

Algumas dessas feridas que muitas vezes carregamos, são criadas por situações que passamos no decorrer da vida...sejam elas uma decepção amorosa, mágoas, injustiça, entre tantas dores passageiras, que podemos combater, mas preferimos ficar remoendo-as.

Em muitos casos há pessoas que carregam por anos essas dores e outras até as levam consigo além do túmulo... dores que elas mesma podem pôr um final, perdoando o causador de suas feridas.

Outras vezes ouvimos falar: "perdoei, mas não esqueço".

E aí surge a dúvida, será que realmente perdoou? Será que esse perdão saiu mesmo do coração?

Porque quando estamos dispostos a perdoar algo ou alguém que nos feriu, temos que lutar para que essa pendência não nos perturbe mais.

É fácil esquecer algo que nos causou dor? Não, não é fácil esquecer algo que nos feriu profundamente, há muitos casos em que perdoar é fundamental.

Quando guardamos rancor e não perdoamos, tudo fica ainda mais difícil e as dores demoram muito mais para passar. Se por algum motivo alguém te feriu tão profundamente, que por mais que você tente esquecer, não consegue, as lembranças insistem em rondar seu pensamento. Seja forte e lembre-se: o perdão liberta quem perdoa e quem pede perdão.

O perdão tem poder curativo para muitas coisas, vale muito a pena refletirmos sobre isso.

A dor profunda revela a força que temos dentro de nós.

Viver com essa dor não é fácil, requer muita coragem para não desistir diante das provas da vida.

A força e a fé que nos faz acreditar que dias melhores virão... porque sabemos que até a dor mais profunda, um dia pode ser amenizada.

E essa força que nos faz sentir essa dor, é a mesma força que podemos empreender no alcance de um objetivo, na superação das tristezas, na atitude de ajudar alguém, entre tantas outras ações benéficas, e que trarão mais paz interior.

Sinta a força que você tem!

Ela está aí dentro, é impulsionada e incentivada pelos seus guias espirituais e tantos outros Espíritos (encarnados e desencarnados) que torcem pelo seu crescimento e evolução.

Cada dificuldade experienciada é bagagem de aprendizado para o nosso futuro. São as provas que o mundo terreno nos oportuniza para que possamos evoluir a cada dia e a cada reencarnação.

Não mal diga o seu sofrimento e dor.

Lá na frente você entenderá os motivos e agradecerá pelo crescimento adquirido!

Aproveite bem o seu tempo!

Com votos de consciência e evolução.

Equipe CEIL Recanto do Saber.

Posts em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procure por Palavras-chaves
Siga-nos
  • Facebook Basic Square

Rua Engenheiro Odebrecht, 87 - Garcia
Blumenau - SC

Brasil

Fone: 55-47-3336-2204

          55-47-99729-8311

Todos os direitos reservados CEIL - Recanto do Saber