O silêncio, arma poderosa contra a maldade.

Muitas vezes ouvimos as pessoas falarem que devemos usar o silêncio para nos defender de ofensas.

De fato, o silêncio é a melhor arma que podemos usar contra o nosso ofensor.


Porém nos perguntamos: Como usar somente o silêncio em meio ao caos que estamos vivendo? Basta apenas não concordar com o outro que o desentendimento já acontece.


É nessa situação que devemos praticar o silêncio. Não precisamos concordar, apenas respeitar.


Estamos vivendo um momento em que tudo vira motivo para ofensas, arrogância de muitos. Nos faz pensar se realmente estamos a caminho de dias ou anos melhores.

Para uns é tão normal entrar nas redes sociais e ver algo que não concorda e já sair xingando ou ofendendo as pessoas. Muitas das vezes são pessoas que ele nem conhece, somente por não concordar com o que a outra pessoa considera ser certo. O que para uns é certo para outros não é, e nem por isso devemos sair criticando e ofendendo.


Vivemos querendo ter paz, vivemos aguardando a tão esperada paz. Entretanto, não fazemos por merecer. Pois ainda nos deixamos levar pela maldade dos outros e damos muita atenção para mínimas coisas.

A paz depende da atitude que vamos ter diante desse tipo de situação.


Quando você for alvo de críticas e de ofensas, não retribua com a mesma intensidade, é nessa hora que você deve colocar o silêncio para funcionar, e verás que é a melhor resposta que você pode dar diante de uma situação assim. O seu ofensor não terá argumentos para continuar, e você terá ganho uma batalha - COM VOCÊ MESMO (A).


Não é fácil praticar o silêncio, porém, com muito esforço, é possível conseguir manter-se calado. Nem tudo precisa ser revidado. Sempre é bom refletirmos... Avalie, olhe para dentro de si, consulte o seu coração e se pergunte: revidar é mesmo necessário?

Às vezes é melhor ter paz do que ter razão.


Meimei nos ensina que:


O silêncio ajuda sempre:


Quando ouvimos palavras infelizes.

Quando alguém está irritado.

Quando a maledicência nos procura.

Quando a ofensa nos golpeia.

Quando alguém se encoleriza.

Quando a crítica nos fere.

Quando escutamos a calúnia.

Quando a ignorância nos acusa.

Quando o orgulho nos humilha.

Quando a vaidade nos provoca.


O silêncio é a gentileza do perdão que se cala e espera o tempo.


Por: Meimei, Do livro: Pai Nosso, Médium: Francisco Cândido Xavier


O silêncio é muito valioso... Aprenda a dar o seu silêncio diante do seu ofensor.

O silêncio é o começo da sabedoria... onde se faz silêncio, a arrogância e as ofensas se calam.


Votos de mudança com paz!


Equipe CEIL Recanto do Saber.

Posts em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procure por Palavras-chaves
Siga-nos
  • Facebook Basic Square

Rua Engenheiro Odebrecht, 87 - Garcia
Blumenau - SC

Brasil

Fone: 55-47-3336-2204

          55-47-99729-8311

Todos os direitos reservados CEIL - Recanto do Saber

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram